PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
Luiz Alberto Bacheschi - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
José Augusto Cabral de Barros


ATIVIDADES 1 (pág. 4)
Encontros do Cremesp sobre as atualizações do novo CEM


ESCOLAS MÉDICAS (pág. 5)
Cremesp protocola documento junto ao MEC contra curso no interior do Estado


ATIVIDADES 2 (pág. 6)
Análise dos conflitos de interesses entre a categoria e empresas médicas


ATIVIDADES 3 (pág. 7)
Destaque para a reunião da Comissão Pró-SUS realizada em 17 de fevereiro


MOVIMENTO MÉDICO (pág. 8)
PLANOS DE SAÚDE


SAÚDE PÚBLICA
Confira a Portaria 104, do Ministério da Saúde, sobre notificação para doenças graves


GERAL 1 (pág. 11)
Medicamentos manipulados versus industrializados: riscos e cuidados


COLUNA DOS CONSELHEIROS DO CFM (pág. 12)
Canal de comunicação dos representantes de São Paulo no CFM


SAÚDE SUPLEMENTAR (pág. 13)
O atendimento gratuito de pacientes de planos de saúde


ALERTA ÉTICO (pág. 14)
Análises do Cremesp previnem falhas éticas causadas pela desinformação


GERAL 2 (pág. 15)
Participação do Cremesp em eventos relevantes para a categoria


ESPECIALIDADES (pág. 16)
Câmara Técnica do Cremesp mantém canal permanente de comunicação com o especialista


GALERIA DE FOTOS



Edição 279 - 03/2011

ATIVIDADES 3 (pág. 7)

Destaque para a reunião da Comissão Pró-SUS realizada em 17 de fevereiro


Comissão Pró-SUS  

É preciso atrair novos profissionais para os hospitais públicos 


Integrantes da Comissão discutem saúde pública

A Comissão Pró-SUS reuniu-se na sede do Cremesp, para discutir formas de garantir boas condições de trabalho e remuneração digna ao médico que atende no Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo final das propostas é melhorar o serviço prestado à população e atrair novos profissionais para os hospitais públicos do Estado.

O encontro, coordenado pelo 2º vice-presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Aloísio Tibiriçá, ocorreu no dia17 de fevereiro. O Cremesp esteve representado pelo vice-presidente Renato Azevedo Júnior.

Com relação à abertura de novas escolas médicas, os integrantes da comissão acreditam que não basta formar novos médicos. Para eles, a solução é diminuir a grande concentração de médicos nas capitais e redistribuí-los para áreas periféricas das grandes cidades e municípios do interior, locais onde a necessidade de profissionais é indiscutível, através da criação de uma carreira de Estado para o médico do serviço público.

Grupo de trabalho
O Ministério da Saúde deve rever as formas de remuneração dos profissionais. O secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, aceitou a proposta das entidades médicas nacionais de criação de um grupo de trabalho para estudar a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). A afirmação foi feita durante reunião no dia 15 de fevereiro, em Brasília.

O grupo abordará todas as questões relacionadas ao valor da remuneração médica, possíveis distorções, forma de pagamento do código 45 e 7, além de reavaliar a forma contratual do Ministério aos hospitais.

Segundo Tibiriçá, é a primeira vez que o profissional da medicina entra nesse debate. “Essa era uma demanda da pauta médica e da comissão. O médico não participou da construção da tabela SUS. Queremos estudar as distorções”.

PEMC

Presidente Prudente debate prontuários, atestados e Código de Ética Médica


Salvador dá palestra durante encontro

“Quando enfrenta um julgamento ético-profissional, o grande problema da defesa do médico é não ter um prontuário bem elaborado”. Esse foi o alerta dado pelo vice-presidente do Cremesp, Renato Azevedo Júnior, que proferiu palestra sobre Prontuários e Atestados Médicos, durante o Programa de Educação Médica Continuada, que aconteceu em Presidente Prudente, no dia 24 de fevereiro.  O conselheiro responsável pela região, Henrique Salvador, destacou, durante o Momento Ético, a importância do novo Código de Ética Médica para orientação do médico quanto às implicações legais das infrações éticas durante o exercício profissional, assim como discutiu aspectos da autonomia do paciente sobre a decisão quanto ao tratamento, à luz do novo Código.

Fórum Saesp

Condições de trabalho comprometem responsabilidade ética


Bacheschi: falta remuneração digna ao médico

“Honorários médicos, sobrecarga de trabalho e responsabilidades profissionais” foi o tema central do Fórum de Valorização e Remuneração Profissional realizado pela Sociedade de Anestesiologia do Estado de São Paulo (Saesp). O encontro aconteceu no dia 11 de fevereiro, na sede da Associação Paulista de Medicina (APM) e contou com palestra do presidente do Cremesp, Luiz Alberto Bacheschi.
 
Além do presidente, ministraram palestras Jorge Machado Curi, presidente da Associação Paulista de Medicina (APM);  Desiré Carlos Callegari, presidente da Saesp, e Carlos Alberto Izzo, secretário geral do Sindicato dos Médicos do Estado de São Paulo (Simesp).

Durante sua apresentação, Bacheschi citou o impacto dos honorários médicos na sobrecarga de trabalho e nas responsabilidades profissionais. “A falta de remuneração digna obriga o médico a cumprir jornada de trabalho excessiva, tornando o paciente vulnerável a situações de risco e expondo o médico a comprometer sua responsabilidade ética e profissional”.


Estacionamento

Novos convênios facilitam acesso ao Conselho
O Cremesp voltou a disponibilizar estacionamento, aos médicos e ao público em geral, por meio de convênios firmados com estabelecimentos próximos à sede. Quem se dirigir ao Conselho, poderá estacionar com mais facilidade e segurança nos seguintes endereços: 

Estacionamentos conveniados (primeira hora gratuita)
JR - Rua Caio Prado nº 103 (balão vermelho)
WCS - Rua da Consolação nº 853 (balão azul)
Localização do Cremesp - Rua da Consolação nº 753 (balão verde)

Obs.: O estacionamento no Instituto Clemente Ferreira pode ser usado apenas à noite e aos sábados, em eventos oficiais do Cremesp.


Este conteúdo teve 460 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 7h às 21h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 97 usuários on-line - 460
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior