PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
Renato Azevedo Júnior - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Beatriz Rodrigues Abreu da Costa, presidente da ANMR


MELHORES MÉDICOS (pág.4)
Premiações ferem o Código de Ética


SAÚDE SUPLEMENTAR (pág.5)
Entidades médicas propõem melhorias para o cooperativismo


ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL (pág.6)
AMB apresenta diretrizes para revalidação de título de especialista


EXAME DO CREMESP (pág.7)
Entidades manifestam apoio à obrigatoriedade


EXAME DO CREMESP (pág.8)
Escolas médicas aprovam decisão


EXAME DO CREMESP (pág.9)
Prova manterá nível de dificuldade das versões anteriores


HONORÁRIOS MÉDICOS (pág.10)
Médicos paralisam atendimento aos planos de saúde em 6 de setembro


AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág.11)
Toma posse nova diretoria do Sindimed


COLUNA CFM (pág.12)
Artigos dos representantes do Estado de São Paulo no Conselho Federal de Medicina


PEMC (pág.13)
Atualização profissional promovida pelo Cremesp na capital e no interior


BIOÉTICA (pág.15)
A judicialização da saúde no banco dos réus


HOSPITAIS FILANTRÓPICOS (pág.16)
Santas Casas pedem socorro


GALERIA DE FOTOS



Edição 295 - 08/2012

PEMC (pág.13)

Atualização profissional promovida pelo Cremesp na capital e no interior


São J. dos Campos debate ética em GO


Silvana alerta sobre precauções durante exames 

A ética em Ginecologia e Obstetrícia foi o tema abordado durante o Programa de Educação Médica Continuada (PEMC) do Cremesp, realizado na Associação Paulista de Medicina (APM) - Regional de São José dos Campos, no dia 8 de agosto.

O evento contou com a participação de Silvana Maria Figueiredo Morandini, conselheira do Cremesp, que fez uma palestra sobre os aspectos éticos nas especialidades de ginecologia e obstetrícia. “Diante das denúncias de assédio contra esses profissionais, é importante esclarecer a eles alguns pontos da ética médica, como a presença de um acompanhante durante os exames ginecológicos e a necessidade de avisar a paciente sobre todos os procedimentos que serão feitos”, explica.

Ao final da exposição do tema, os ginecologistas puderam questionar e debater os assuntos tratados.


Metástase hepática e tumor renal extenso são temas do Clube do Fígado

Os casos de um portador de metástase hepática central de tumor neuroendócrino e de outro, que apresentava tumor renal extenso infiltrando o lobo hepático direito, ambos submetidos a ressecções hepáticas, foram analisados na 5ª reunião do Clube do Fígado, realizada na sede do Cremesp, em 7 de agosto. Os médicos discutiram amplamente os diversos aspectos diagnósticos, terapêuticos e evolutivos. Sob a coordenação da Escola Paulista de Medicina (Unifesp), o evento teve como moderador Marcelo Moura Linhares. A plateia participou ativamente tanto na sede quanto nas cinco delegacias em que o evento foi transmitido por videoconferência: Campinas, Marília, Ribeirão Preto, Santos e São José do Rio Preto. 

As reuniões do Clube do Fígado acontecem mensalmente, sempre na primeira terça-feira, às 10h, e integram o Programa de Educação Médica Continuada do Cremesp.

Os encontros, coordenados pelos setores de hepatologia e cirurgia do fígado da Escola Paulista de Medicina da Unifesp, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, reúnem especialistas em hepatologia clínica, cirurgia de fígado, radiologia e anatomopatologia e visam atualizar e reciclar todos os colegas interessados do Estado de São Paulo. Consistem na discussão de casos clínicos documentados, especialmente escolhidos com essa finalidade, permitindo a troca de informações entre os colegas e resultando na melhoria da formação médica e da qualidade da assistência prestada à população.


Outros eventos realizados pelo Programa de Educação Médica Continuada

  • Documentos médicos e CRM digital – Jaú – 18/07
  • Assistência de urgência e emergência em obstetrícia para o médico plantonista – Atibaia – 19/07
  • Emergências em Pediatria – Piracicaba – 28/07
  • Aleitamento materno – Presidente Prudente – 02/08
  • Assistência de emergência para o médico pediatra – Amparo – 09/08
  • Terminalidade da vida – Barretos – 09/08
  • Prontuário eletrônico – Franca – 09/08
  • Diagnóstico diferencial das anemias – Batatais –16/08
  • Simulação e fraudes no relacionamento médico, paciente e periciando – Itatiba – 16/08


Julgamentos simulados

Cremesp coordena audiência no CRM-Roraima


Conselheiros dos CRMs durante audiência

O conselheiro-corregedor do Cremesp, Krikor Boyaciyan, coordenou julgamento simulado no Conselho Regional de Medicina de Roraima (CRM-RR), na capital Boa Vista, no dia 20 de julho. A iniciativa inédita, que teve mais de quatro horas de duração,  contou com a participação dos conselheiros daquele Estado e médicos da região. 

Hospital São Luiz
Outra apresentação para orientar médicos sobre julgamentos no Conselho foi realizada durante o curso Reciclagem em Clínica Médica, da Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM), no Centro de Estudos do Hospital São Luiz, em 25 de julho, na capital paulista. Participaram do julgamento o segundo-tesoureiro Marco Tadeu Moreira de Moraes Souza,  a chefe da Seção de Processos Éticos, Paula Véspoli Godoy, e a assessora da Corregedoria, Lana Mariano.



Parecer técnico

CFM condena terapia antienvelhecimento

A ausência de evidências científicas que justifiquem a prática da Medicina anti-envelhecimento – denominada antiaging – levou o Conselho Federal de Medicina (CFM) a elaborar parecer contrário à essa prática. A conclusão foi elaborada pelos membros da Câmara Técnica de Geriatria da entidade, fundamentada em meta-análise realizada sobre o assunto.

Alguns profissionais, segundo o CFM, realizam esses procedimentos sem comprovação científica, geralmente utilizando-se de publicidade imoderada, sensacionalista e promocional, chegando a garantir bons resultados, o que contraria o Código de Ética Médica (CEM).

A principal crítica do CFM sobre a técnica de antienvelhecimento diz respeito à reposição hormonal e à suplementação com antioxidantes, vitaminas e sais minerais, medidas propostas pelos profissionais que a prescrevem. O tratamento hormonal utilizado nas pessoas que buscam o rejuvenescimento era o mesmo usado em pacientes com hipofunção glandular. O tratamento sem a devida indicação coloca a saúde do paciente em risco.

De acordo com o Parecer nº 29, não se reconhece no Brasil a especialidade médica de antienvelhecimento, assim como na União Europeia e nos Estados Unidos.


Este conteúdo teve 502 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 342 usuários on-line - 502
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior