Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 10-08-2018
    Eleição Cremesp 2018
    Chapa 6 venceu o pleito para a gestão 2018/2023 com 33,45% dos votos dos médicos
  • 09-08-2018
    Eleição Cremesp 2018
    Acompanhe a apuração do pleito a partir das 20h desta quinta-feira (9/08) pelo site do Cremesp
  • 08-08-2018
    Debate
    Sofrimento psíquico nas escolas médicas será abordado em Plenária Temática
  • 07-08-2018
    Educação continuada
    Clube do Fígado será realizado no dia 14 de agosto
  • Notícias


    07-02-2018

    Brasília

    Presidente do Cremesp discute Projeto de Lei do Exame Obrigatório com os senadores Marta Suplicy e Pedro Chaves

    O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Lavínio Nilton Camarim, reuniu-se com os senadores Pedro Chaves e Marta Suplicy, presidente da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), para discutir o avanço do Projeto de Lei para tornar obrigatória a realização do Exame Nacional para recém-formados em Medicina.

    O Projeto de Lei 165/2017, proposto do pelo Senador Pedro Chaves (PSC - MS), que tramita na CAS, prevê uma prova para avaliar as competências éticas, cognitivas e habilidades mínimas exigidas para o exercício da profissão.

    O Conselho está empenhado para que o Projeto de Lei seja aprovado, para isso, lançou uma campanha para conquistar a adesão dos médicos, autoridades, estudantes, formadores de opinião e a população em geral sobre a importância desta avaliação aos alunos recém-formados, como medida para a qualificação profissional e o incentivo à boa formação.

    "Recebemos importante apoio dos senadores Pedro Chaves e Marta Suplicy nas reuniões ocorridas hoje. Sem dúvida, é um grande impulso à campanha pelo Exame Obrigatório e demonstra que a mobilização nacional proposta pelo Cremesp é fundamental para a conquista da aprovação do Projeto de Lei”, avalia Camarim.

    Leia mais informações sobre o Exame Obrigatório aqui

     
    Lavínio Nilton Camarim em reunião com os senadores Marta Suplicy e Pedro Chaves, em Brasília. 

    Foto: Márcio Arruda/ CFM


    Veja os comentários desta matéria


    O cfm nao se mexeu muito qdo abriram faculdades à rodo agora ta bem pimpao pra fazer esse exame da ordem ou seja a culpa é dos alunos Se o aluno nao passar(como tem acontecido com 50%) que que vira?
    Bonini
    Muitos médicos mal formados atualmente. É necessária alguma forma de comprovar a qualificação dos médicos. Parabéns pela iniciativa
    Ricardo ARaujo
    Sou totalmente a favor. Não só pelos inúmeros novos cursos, mas vivenciei na faculdade colegas desonestos, que colavam nas provas, naobtinham o mínimo pensamento clínico ou crítico. O exame é necessário para o bem da população e da medicina. Eu fiz a prova em 2015, fui aprovado. É um absurdo q a grande maioria foi reprovada. Porém, estes, devem ser proibidos de serem médicos, até que possam ter conhecimento e ética!
    Gustavo Engelman
    Concordo com a medida
    Leonardo Sousa Alcântara
    Dr. Lavínio , considero muito válida sua preocupação em habilitar bons profissionais da medicina para o atendimento à população, mas seria muito contraditório manter CUBANOS no Brasil exercendo e ocupando o espaço de médicos brasileiros sem realização de prova que registre sua competência e sem a autorização da classe médica brasileira .
    Ellen Barreto Stocco

    Deixe o seu comentário

        Dê sua opinião sobre a matéria acima em até mil caracteres. Não serão publicados  textos ofensivos a pessoas ou instituições, que configurem crime, apresentem conteúdo obsceno, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou sugiram links, entre outros.  Os textos serão submetidos à aprovação antes da publicação, respeitando-se a jornada de trabalho da comissão de avaliação (horário de funcionamento do Cremesp, de segunda à sexta-feira, das 9 às 18 horas). O Cremesp reserva-se o direito de editar os comentários para correção ortográfica.  Os  usuários deste site estão sujeitos à política de uso do Portal do Cremesp e se comprometem a respeitar o seu Código de Conduta On-line.

    De acordo.


    Este conteúdo teve 3153 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    Delegacia da Vila Mariana:
    Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
    Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 427 usuários on-line - 3153
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior