PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PONTO DE PARTIDA (pág.1)
Editorial de Renato Azevedo Júnior - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 4)
Soren Holm - editor do Journal of Medical Ethics


SINTONIA (pág. 9)
Médicos e indústria farmacêutica


CRÔNICA (pág. 12)
Millôr Fernandes


DEBATE (pág. 14)
Aids: em discussão o tratamento profilático


MÉDICOS NO MUNDO (pág. 20)
As muitas guerras do dr. Filártiga


EM FOCO (pág. 24)
AVAAZ: protestos em um clique


HISTÓRIA DA MEDICINA (pág. 27)
Médico, torneiro mecânico e inventor


GIRAMUNDO (págs. 30/31)
Curiosidades da ciência e tecnologia, da história e de fatos atuais


PONTO COM (págs. 32/33)
Informações do mundo digital


SUSTENTABILIDADE (pág. 34)
Sacolas plásticas: uma história sem heróis nem vilões


LIVRO DE CABECEIRA (pág. 37)
Indicação da conselheira Ieda T. Verreschi*


CULTURA (pág. 38)
Pedro Almodóvar


MAIS CULTURA (pág. 41 )
A revolução romântica


HOBBY (pág. 42)
Sem efeito colateral


CARTAS & NOTAS (pág. 33)
SUS: Cremesp recolhe assinaturas


GOURMET (pág. 45)
Sabor de vida em família


FOTOPOESIA( pág. 48)
João Cabral de Melo Neto


GALERIA DE FOTOS


Edição 59 - Abril/Maio/Junho de 2012

GIRAMUNDO (págs. 30/31)

Curiosidades da ciência e tecnologia, da história e de fatos atuais

Braço biônico

Pela primeira vez, um soldado britânico, Andrew Garthwaite, de 24 anos, está usando um braço biônico controlado pela mente. Ele perdeu o braço direito durante uma ofensiva no Afeganistão e foi selecionado, entre vários militares, para utilizar o novo modelo, criado por médicos na Áustria e por uma companhia de robótica. Andrew acredita que levará cerca de quatro a seis meses adaptando-se ao novo equipamento, e que o movimentará, com facilidade, em pouco mais de um ano.

Tudo em família

As dependências químicas costumam ser comuns na mesma família em decorrência de anomalias cerebrais pré-existentes em pessoas do mesmo núcleo familiar. A conclusão de um estudo, feito por pesquisadores britânicos, foi divulgada pela revista Science, em fevereiro. Os cientistas analisaram dois grupos, um com 50 pares de irmãos (um dependente de substâncias químicas e outro não) e outro com 50 pares de voluntários sem parentesco. Foram aplicados exames de ressonância magnética, que revelaram – nos pares de irmãos – presença de anormalidades nas estruturas cerebrais ligadas ao controle dos impulsos.


Cientistas “leem” pensamentos

Cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, desenvolveram uma técnica, baseada em ondas cerebrais de pacientes, para descobrir em quais palavras estavam pensando. Segundo o Jornal da Tarde, 15 pacientes em tratamento cirúrgico de epilepsia e tumores tiveram áreas cerebrais que reagem ao som analisadas enquanto ouviam a reprodução da gravação de palavras e frases em alto-falantes. Em seguida, eles foram orientados a pensar em uma das palavras ditas, apresentadas em uma lista. Com um programa de computador, os cientistas conseguiram descobrir qual palavra havia sido pensada.

Tudo se transforma

O designer chileno Rodrigo Alonso criou um novo método para transformar lixo eletrônico em móveis. O processo de concepção das peças resume-se em aplicar uma resina líquida em moldes que contêm produtos eletrônicos descartados, fabricando peças com um visual único, como as luminárias ao lado. Suas obras podem ser vistas no site http://ralonso.com 


Proteínas e cirurgias
Ingerir pouca proteína, antes de submeter-se a uma cirurgia, diminui o risco de complicações, como derrames e infartos. A conclusão é de uma pesquisa liderada por James Mitchell, da Escola de Saúde Pública de Harvard, nos Estados Unidos, feita com camundongos, divididos em dois grupos. Em um deles, os animais se alimentavam normalmente, no outro tinham uma dieta livre de proteínas ou do aminoácido triptofano. O resultado, publicado pelo jornal Folha de S. Paulo, revelou que 40% dos camundongos que tinham uma dieta regular morreram ao serem submetidos a uma simulação de estresse causado por uma cirurgia. Em contrapartida, todos os camundongos que não ingeriram proteínas, sobreviveram. Os pesquisadores pretendem, agora, realizar testes em pacientes de um hospital de Boston, nos EUA.  


Bate coração

Pela primeira vez no Brasil, o Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia testará em humanos, dentro de dois meses, um coração artificial. O aparelho é indicado para pacientes que não respondem mais ao tratamento clínico, informou a Agência Brasil. Cinco pacientes da fila de espera de cirurgias cardíacas serão os primeiros a receber o equipamento, que estabiliza a função cardiológica do doente e possibilita a sobrevida até o transplante do órgão. 

Belas e difíceis

Tão bonitas quanto delicadas, as orquídeas – com 1.800 gêneros e mais de 30 mil espécies – atraem olhares e curiosidade, mas seu cultivo exige conhecimento e muita dedicação. Os apaixonados por essas flores de rara beleza podem informar-se no site Orquideana, onde é possível encontrar diversas informações, como dicas de cultivo, poda, rega, luz, além de um acervo com fotos, vídeos e livros sobre o assunto. Acesse: www.orquideana.com.br 


“Fábrica” de insetos

A empresa brasileira mais inovadora do país, e a 33ª no ranking mundial, ao lado de gigantes como a Apple, é – resumindo – uma fábrica de insetos. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a Bug Agentes Biológicos, de Piracicaba (SP), multiplica vespas milimétricas existentes na natureza (parasitas de pragas) para que sejam inseridas em um ambiente infestado, fazendo um controle biológico sem uso de agroquímicos. Embora esse método seja adotado há décadas no campo, a vespa “produzida” pela Bug é a primeira a parasitar os ovos da praga chamada broca da cana e, assim, impedir o seu nascimento. A eficácia do inseto já era conhecida no meio acadêmico. A empresa inovou produzindo-o em grande escala, tornando a prática viável comercialmente. E mais: o custo do controle biológico é cerca de 40% menor que o dos agrotóxicos.

Colaborou: Vivian Costa


Este conteúdo teve 1911 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 273 usuários on-line - 1911
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior