PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PONTO DE PARTIDA (pg. 1)
Renato Azevedo Júnior - presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág.4)
Marcia Angell


HISTÓRIA (pág. 9)
Estados Unidos, por Gore Vidal


CRÔNICA (pág. 12)
Luis Fernando Verissimo*


ESPECIAL BOLÍVIA 1 (págs.14 a 25)
A realidade precária dos cursos de Medicina particulares


ESPECIAL BOLÍVIA 2 (págs.14 a 25)
Depoimentos sobre a formação médica em escolas particulares


CABECEIRA (pág. 27)
Por Reinaldo Ayer*


CONJUNTURA (págs. 28 a 31)
Longevidade e cuidados com o idoso


GIRAMUNDO (págs. 32-33)
Curiosidades de ciência e tecnologia, história e atualidades


PONTO COM
Informações do mundo digital


SUSTENTABILIDADE (pág. 36)
Idec, 25 anos


CULTURA (pág. 38)
A flauta encantada do mago do choro


HOBBY
Campeonato de Futebol de Equipes Médicas


GOURMET (pág. 44)
“Cozinhando eu relaxo”


FOTOPOESIA (pág. 48)
Paulo Leminski


GALERIA DE FOTOS


Edição 61 - Outubro/Novembro/Dezembro de 2012

GIRAMUNDO (págs. 32-33)

Curiosidades de ciência e tecnologia, história e atualidades

Cigarros “genéricos”

A partir de 1º de dezembro, os cigarros distribuídos na Austrália serão vendidos em embalagens genéricas, com desenho e forma idênticos, sem logomarcas. A decisão foi referendada este ano pela Justiça daquele país, que considerou sem fundamento uma ação movida por empresas de tabaco contra a lei que estabeleceu a embalagem semelhante para cigarros. Os maços terão uma cor verde escura e trarão as advertências habituais. A marca e o nome do fabricante serão impressos com caracteres padrão. No Brasil, pesquisa feita por pesquisadores do Canadá com 640 mulheres de 16 a 26 anos, divulgada recentemente pela revista BMC Public Health, indicou que o maço de cigarro genérico reduziria o apelo do produto sobre as jovens. O Brasil foi escolhido por ser o 7º país com o maior número de fumantes no mundo.

 

Pesquisa científica: Brasil no cenário global
Novas redes regionais de colaboração entre cientistas estão aumentando a capacidade de pesquisa de países emergentes, entre eles o Brasil, noticiou a revista científica britânica Nature, em edição de outubro, ressaltando que o Brasil, “a despeito da diferença linguística, dobrou sua colaboração científica com Chile, Argentina e México nos últimos cinco anos”. A Nature traz também dados da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) sobre a ciência nacional: 35 mil artigos científicos no ano passado, levando o Brasil à 13ª posição mundial no número de publicações.

 

Entre um ronco e outro

Pesquisadores do Laboratório do Sono da Faculdade de Medicina da USP criaram um novo método que facilita o diagnóstico da apneia obstrutiva do sono. Trata-se de um gravador de áudio que capta os sons do paciente enquanto ele dorme. Em seguida, eles são processados e medidos em decibéis por um computador e transformados em gráfico por um sistema denominado Índice de Intervalos Temporais de Ronco. Intervalos entre os roncos, maiores que 10 segundos e menores que 100, configuram-se paradas total da respiração e apneia. A técnica é bem mais simples do que o custoso exame de polissonografia feito atualmente, em que o paciente precisa dormir em um hospital enquanto é monitorado por vários equipamentos.


 

A floresta de um só homem

Sozinho ele transformou uma área de 550 hectares de banco de areia em uma densa floresta e transformou-se em herói em Assam, Estado do nordeste da Índia. Jaday Payeng iniciou seu projeto em 1979, quando tinha 16 anos, e uma grande inundação acabou com as árvores e habitats de muitos animais da localidade. Conforme relatou ao jornal Times of India, citado no portal http://www.ecodesenvolvimento.org, ele tomou a decisão quando encontrou um grande número de répteis mortos e chorou. Solicitou ajuda ao Departamento Florestal local, mas disseram que nada cresceria lá. Vendo seu interesse, sugeriram que plantasse bambu. Jaday fez isso e passou a viver sozinho no banco de areia. Muitos anos depois, já havia uma variedade de flora e fauna, incluindo animais em extinção. Hoje, aos 47 anos, ele continua a dedicar todo o seu tempo à floresta. 

 

Página por página

Cortando página por página de livros antigos, o artista alemão Alexander Korzer-Robinson cria livros-escultura em 3D, com detalhes incríveis. Ele obtém as imagens da própria publicação, recortando algumas ilustrações e retirando outras, segundo o portal Uol. Depois de prontas, suas obras são seladas e não podem mais ser abertas. O artista já expôs seus livros-escultura nos Estados Unidos, Suíça e Grã-Bretanha, onde vive.

 

Mandela escultural

Para marcar os 50 anos da prisão de Nelson Mandela, a África do Sul inaugurou uma impressionante e criativa escultura do líder sul-africano, ex-presidente do país e prêmio Nobel da Paz. Composto por 50 barras de aço que formam o desenho do rosto de Mandela, visível a 35 metros de distância, o monumento está localizado na cidade de Howick, na província de Kwazulu, onde ele foi detido quando lutava cladestinamente contra o regime do apartheid. Após passar 27 anos na prisão, foi eleito, em 1994, o primeiro presidente negro daquele país. Adorado pela população, é considerado o pai da moderna nação sul-africana.


 

Colo dos pais evita ansiedade e depressão

Bebês e crianças que recebem o carinho do colo da mãe e do pai levam a sensação na memória do corpo e esta funciona como poderoso analgésico para os momentos difíceis ao longo de toda a vida. A descoberta foi feita por pesquisadores do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos, revelada no jornal The Harvard University Gazette. Segundo o estudo, os bebês e crianças que tiveram esse tipo de contato com os pais são adultos mais protegidos contra a ansiedade e doenças como depressão.


Este conteúdo teve 1929 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 236 usuários on-line - 1929
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior