PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
Prestando contas


ENTREVISTA
Jamil Haddad, diretor geral do Instituto Nacional do Câncer


LANÇAMENTOS
Novas publicações do Cremesp


CURSO
Manual de Capacitação das Comissões de Ética Médica


DEFESA PROFISSIONAL
Projeto do Ato Médico


SAÚDE SUPLEMENTAR
CPI para denúncias contra Planos de Saúde


ESPECIAL
Balanço da Gestão Cremesp 1998 - 2003


GERAL 1
Bolsas de Pesquisa em Ética Médica


CONSELHO
Bem.org: Banco de Empregos Médicos já está on line


GERAL 2
Destaque: evento reúne secretários municipais de Saúde


AGENDA
Fatos importantes que aconteceram no mês de maio


NOTAS
Convocações, Julgamentos Simulados, Palestras realizadas no mês de maio


RESOLUÇÃO
Médicos com doenças graves estão isentos do pagamento de anuidade


MOBILIZAÇÃO
Campanha contra a abertura de novos cursos de Medicina


GALERIA DE FOTOS



Edição 189 - 05/2003

MOBILIZAÇÃO

Campanha contra a abertura de novos cursos de Medicina


Mídia apóia campanha contra a abertura de novos cursos de Medicina

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) lançou no dia 7 de maio, em parceria com as entidades médicas estaduais, nova campanha de esclarecimento contra a abertura de escolas médicas no Estado, dirigida à opinião pública, aos parlamentares, e às autoridades governamentais das áreas da saúde e educação.

A iniciativa obteve grande apoio dos meios de comunicação, a exemplo de editoriais nos dois principais jornais do Estado (Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo), além de inúmeras reportagens em jornais, revistas, rádio e televisão.

O dossiê Por que Somos Contra a Abertura de Novos Cursos de Medicina? revelou o excesso de médicos: a cidade de São Paulo já conta com um médico para 264 habitantes e no Estado a relação é um médico para cada 650 habitantes.

O Cremesp e as entidades médicas estão atualmente empenhados em impedir a abertura de três cursos no Estado. Solicitaram ao MEC a revisão do processo que concedeu, em outubro de 2002, o registro a um curso de Medicina da Universidade Cidade de SãoPaulo - Unicid, na capital; da Fundação Ermínio Ometto - Uniararas, em Araras; e solicitaram ao Ministro da Educação que não homologue o pedido de abertura dos cursos da Fundação Ermínio Ometto – Uniararas, em Araras; e da Unicastelo, de Fernadópolis, que tramitam no Conselho Nacional de Educação.

As entidades defendem que seja valorizada, em caráter terminativo, a avaliação do Conselho Nacional de Saúde quanto à necessidade social dos Cursos de Medicina, bem como a moratória na abertura de novos cursos por pelo menos dez anos. Além disso, solicitaram ao governador do Estado, Geraldo Alckmin, a regulamentação da Lei nº 10.860/2001, que prevê que os pedidos de aberturas de cursos sejam encaminhados ao Conselho Estadual de Educação e Conselho Estadual de Saúde.


Este conteúdo teve 378 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 7h às 21h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 264 usuários on-line - 378
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior