PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PONTO DE PARTIDA (SM pág. 1)
Em Editorial, Henrique Carlos Gonçalves enfatiza a importância de realizar um amplo debate para atualização do Código de Ética Médica


ENTREVISTA (SM pág. 4)
Acompanhe entrevista com psicanalista e escritor...


CRÔNICA (SM pág. 10)
O cronista Tutty Vasques, convidado desta edição, nos brinda com texto inteligente e - como sempre - muito bem humorado


CONJUNTURA (SM pág. 12)
Dados sobre asfixia perinatal durante a última década mostram que esta foi a causa de morte em 23% dos óbitos neonatais no Brasil


HISTÓRIA DA MEDICINA (SM pág. 16)
O coração sempre ocupou papel de grande importância no simbolismo relacionado ao homem


DEBATE (SM pág. 20)
Na pauta das discussões, a (necessária e inadiável) revisão do Código de Ética Médica


EM FOCO
Saúde feminina é mais suscetível ao alcoolismo e sedentarismo, segundo importantes indicadores de saúde


HOMENAGEM
É preciso lembrar o médico nefrologista que marcou, com coragem e idealismo, a história do movimento médico no país


LIVRO DE CABECEIRA (SM pág. 33)
O destaque desta edição é, de fato, imperdível: A Verdade Sobre os Laboratórios Farmacêuticos, de Márcia Angell


CULTURA (SM pág. 34)
Acompanhe uma análise do simbolismo das telas de René Magritte, realizada pelo psiquiatra e psicanalista Carlos Amadeu Byington


HOBBY DE MÉDICO (SM pág. 38)
Acredite: ortopedista utiliza filadores externos para produzir peças pra lá de curiosas...


TURISMO (SM pág. 40)
Se você nunca ouviu falar no Atacama, este é o momento de arrumar as malas em direção ao... Chile!


CARTAS & NOTAS (SM pág. 47)
Todas as referências bibliográficas das matérias desta Edição você encontra aqui


POESIA
O Fogo e a Fé, poesia de Fátima Barbosa, fecha, com emoção, as matérias deste número


GALERIA DE FOTOS


Edição 44 - Julho/Agosto/Setembro de 2008

CARTAS & NOTAS (SM pág. 47)

Todas as referências bibliográficas das matérias desta Edição você encontra aqui

Fontes e referências bibliográficas

Da matéria: O Coração na História, págs 16 a 19.

- Bachelard, Gaston (1999). A Psicanálise do Fogo. São Paulo, Martins Fontes.
- Bellini, Lígia (2005). Imagens do corpo e saber médico em Portugal no século XVI. Tempo, 19: 27-42.
- Doresse, Jean (1950). Le coeur et les anciens Égyptiens. Le Coeur. Études Carmelitaines, Desclée de Brouwer: 82-87.
- Eliade, Mircea  org.(1987). The Encyclopedia of Religion. London/New York, Macmillan Publishing Company, vol. 6: 234-237.
- Erickson, Robert (2005). The Language of the Heart, 1600-1750. Philadelphia, University of Pennsylvania Press.
- Fuchs, Thomas (2001). The Mechanization of the Heart. Harvey and Descartes. Transl. Marjorie Grene, The University of Rochester Press.
- Guillaumont, Antoine (1950). Le sens des noms du coeur dans l’Atiquité. Le Coeur. Études Carmelitaines, Desclée de Brouwer: 41-81
- Hippocrate (1861). Oeuvres Completes. Traduction et organ. Par E. Littré. Paris, Baillière et fils, 10 vols.
- Jacquart, Danielle (2003). Coeur ou cerveau? Lês hésitations médiévales sur l’origine de la sensation et le choix de Turisanus. Micrologus; natura, scienze e società medievali. XI: 73-96.
- Koubetch, V. (2004). Da Criação à Parusia. S. Paulo, Paulinas.
- Lain-Entralgo, Pedro (1981). La obra de William Harvey y sus conscuencias. in
- Lain-Entralgo, Pedro (org.). Historia Universal de la Medicina. Tomo IV, Barcelona, Salvat: 235-249.
-------------------------------- (1982). La medicina hipocrática. Pedro (org.).
Historia Universal de la Medicina. Tomo II, Barcelona, Salvat: 73-117.
- Lasso De La Veja, José S. (1982). Pensamiento presocrático y medicina.
Lain-Entralgo, Pedro (org.). Historia Universal de la Medicina. Tomo II, Barcelona, Salvat: 37-65.
- Lesêtre, H. (1912). Coeur. Dictionaire de la Bible (publié par F. Vigouroux). Paris, Letouzey et ané Ed., Xéme tome: 822-826.
- Neschke-Hentschke, Ada (2003). “Lê role de coeur dans la stabilisation de l’espèce humaine chez Aristote”. Micrologus; natura, scienze e società medievali. XI: 37-52.
- Pearsall, Paul (2004). A Memória das Células: estabelecendo contato com a sabedoria e o poder da energia do coração. São Paulo, Mercuryo
- Pigeaud, Jackie (2003). “Coeur organique. Coeur métaphorique”. Micrologus; natura, scienze e società medievali. XI: 9-36.
- Siraisi, Nancy G. (1990). Medieval and Early Renaissance Medicine. Chicago/London, University of Chicago Press.
- Vidal, Fernando (2005). “Le sujet cérébral: une esquisse historique et conceptuelle”. PSN, III, 11; janvier-février 2005: 37-48.

Das matérias: O universo misterioso de Magritte; Uma interpretação simbólica e junguiana da obra de Magritte, págs  34 a 37.    

- Byington, Carlos Amadeu Botelho (2004). A Construção Amorosa do Saber – Fundamento e Finalidade da Pedagogia Simbólica Junguiana. São Paulo: W11 Editores, 2004.
- Gablik, Suzi (1970). Magritte. Londres: Thames and Hudson, 1972.
- Larkin, David (1972). Magritte. New York: Ballantine Books Inc., 1972.
- Rétrospective Magritte. Bruxelles, Palais des Beaux-Arts, 1978. Paris, Musée National d’Art Moderne, 1979.

Número 42

“Felicitações pelas excelentes seleções de leituras apresentadas  na revista Ser Médico n. 42.  Valeu mesmo pelos temas seríssimos raramente abordados em outras revistas e publicações, que por obrigação deveriam apresentar de modo menos superficial! A  fotopoesia aliada a Cora Coralina... é de chorar de emoção, estampando a triste condição da velhice e do esquecimento que só o Ser mulher sabe aceitar, quando muitas “donas”  fazem de si mesmas uma verdadeira pedra de segurança, para resistir ao desmoronamento dos valores rompidos!  E contra as duras e rudes “lições” da vida, nada como “aceitar” as contradições (...). Quanto ao mais -  Deus abençõe aos médicos,  ao menos neles ainda seja possível encontrar socorro bem presente, pela dedicação ao estudo de toda a ciência e o conhecimento (...).” - Agnes Marta Pimentel Altmann - Brasília-DF

Cartas podem ser enviadas ao endereço, fax ou e-mail do Cremesp, que consta da página dois desta edição. A revista Ser Médico reserva-se o direito de editar ou publicar parcialmente os textos enviados.


Este conteúdo teve 156 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 249 usuários on-line - 156
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior