PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PONTO DE PARTIDA (pág. 1)
Encontro nacional em Brasília fortaleceu as reivindicações da categoria


ENTREVISTA (pág. 4)
Paulo Hoff, diretor clínico do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octávio Frias de Oliveira


MEIO AMBIENTE (pág. 9)
Encontro discutiu consumo de alimentos geneticamente modificados


CRÔNICA (pág. 13)
Tufik Bauab - Presidente da Sociedade Paulista de Radiologia e Diagnóstico por Imagem


SAÚDE NO MUNDO (pág. 14)
Tebni Saavedra descreve o sistema público de saúde do Chile


DEBATE (pág. 14)
A autonomia dos médicos e a prescrição racional de medicamentos


HISTÓRIA (pág.23)
A evolução dos estudos voltados para a saúde pós-período renascentista


GIRAMUNDO (pág. 26)
Curiosidades da ciência, da história e da atualidade


PONTO COM (pág. 28)
Canal de atualização com as novidades do mundo digital


SINTONIA (pág. 30)
Antonio Francisco Lisboa: maior escultor barroco mineiro do final do século XVIII


MÉDICOS EM FOCO (pág. 36)
Uma análise da temática médica, quando foco principal das séries televisivas


HOBBY (pág. 40)
Guerrini, o colecionador de conchas, já contabiliza mais de 10 mil peças


TURISMO (pág. 42)
Agende suas próximas férias para o interior paulista e aproveite o contato com a natureza


CABECEIRA (pág. 47)
Sugestão de leitura da conselheira Ieda Therezinha Verreschi*


FOTOPOESIA (pág. 48)
Cantares - Antônio Machado


GALERIA DE FOTOS


Edição 52 - Julho/Agosto/Setembro de 2010

TURISMO (pág. 42)

Agende suas próximas férias para o interior paulista e aproveite o contato com a natureza



Brotas, paraíso radical

Bem no meio do Estado de São Paulo, um paraíso com mais de 100 cachoeiras e muitas aventuras

Brotas é um reduto do interior paulista com belas paisagens, cachoeiras, nascentes de rios e piscinas naturais, muito apreciadas por quem gosta de esporte de aventura. A simpatia dos moradores é outro destaque dessa cidade de 22 mil habitantes, localizada no centro do Estado de São Paulo. Com boa estrutura para o turismo, chega a receber mais de dois mil visitantes em um final de semana ou feriado prolongado.

Há mais de 100 cachoeiras e pequenas quedas d’água no perímetro de Brotas e cerca de 12 delas podem ser visitadas pelos turistas. O município compõe a chamada Cuesta Basáltica, área de relevo acidentado, resultado de ações vulcânicas ocorridas de 70 a 12 milhões de anos atrás e que passaram por desgaste erosivo, dando origem a escarpas e fendas, em contraponto às terras planas.

Sua vegetação de Cerrado e Floresta de Planalto (transição da Mata Atlântica), recortada por rios e ribeirões, abriga uma infinidade de pássaros e pequenos animais, com destaque para o lobo-guará, ameaçado de extinção. O rio Jacaré Pepira, o principal da região, passa pelo meio da cidade. Sua nascente fica a 960 metros de altura, na divisa dos municípios de Brotas e São Pedro, formando belas cachoeiras pelo trajeto. É um dos poucos pertecentes à Bacia do Rio Tietê que não está poluído e suas águas têm níveis excepcionais de pureza.

Trilhas, cavalgadas, rafting (descida por correntezas em caiaque ou bote), boia cross, tirolesa, arvorismo, rapel, canyoning (mescla de rapel e alpinismo em cachoeiras), mountain bike e muitas outras aventuras podem ser feitas no entorno do município. Sem falar no Voo do Falcão, um percurso de mais de 800 metros de distância por quatro tirolesas consecutivas, sobre o vale do rio Jacaré Pepira, a 60 metros de altura.

A Cachoeira do Cassarova, a 26 quilômetros do centro, com uma queda de 60 metros, dividida em dois lances, é um cartão-postal da cidade. Bem perto dela fica outra atração natural, a cachoeira dos Quatis, com 46 metros de queda. O acesso a ambas é feito por pequenas trilhas, situadas na Fazenda Cassarova, no Alto da Serra, a 5 km do bairro de Patrimônio de São Sebastião da Serra.

Boa parte das atrações naturais de Brotas localiza-se em propriedades privadas ou sítios turísticos, que cobram taxa de visitação de acordo com o tipo de passeio. Agências de turismo locais oferecem guias e variados pacotes de aventuras para todos os gostos.



O passeio pelo Alto da Serra garante boas surpresas aos turistas. Por uma trilha leve no Sítio Três Quedas é possível visitar as cachoeiras das Andorinhas (20 metros de queda), da Figueira e das Nascentes, todas próximas a um quiosque para descanso. Outra boa opção é a Cachoeira dos Macacos, localizada no Alto da Serra, a 3 km de Patrimônio de São Sebastião da Serra, onde o visitante percorre uma trilha pela encosta do vale e, se tiver sorte, pode até encontrar alguns macacos.

Quem busca tranquilidade e relaxamento, não pode deixar de visitar a piscina natural Areia que Canta, na nascente do Rio Tamanduá. A água borbulha da areia fina e branca ao fundo da piscina, para deleite dos visitantes. Localizada dentro da Fazenda Tamanduá, a nascente recebe esse nome porque suas areias emitem um som peculiar, quando esfregadas nas mãos.

A cachoeira de Santa Maria, localizada na Fazenda Cachoeira do Pinheirinho, no bairro Patrimônio, a 10 km do centro, com impressionantes 65 metros de queda, é outro passeio imperdível em meio à mata nativa. Durante a caminhada de cerca de uma hora, entre jequitibás, figueiras e jatobás, encontram-se pequenas quedas d’água e piscinas naturais.

Uma boa pedida para quem gosta de cavalgar, é pegar a trilha que corta a serra pelo vale do rio Jacaré Pepira, com trechos salpicados por corredeiras e cachoeiras, além dos costões de rocha. Depois de mais ou menos de três horas de passeio, chega-se à Usina Hidrelétrica do Jacaré, atualmente desativada.

Como se fosse pouco, a região ainda tem um atrativo mais ousado: uma aventura de balão para ver de cima o deslumbrante panorama de leitos de rios, mananciais, cachoeiras, serras e cânions. A base para voos turísticos fica em Piracicaba, a pouco mais de 100 km de Brotas. Mais informações podem ser acessadas no site www.trilhanovento.com.

Depois de um dia em meio à natureza, uma boa pedida é visitar o centro da cidade no final da tarde ou à noite, começando pela Igreja de Santa Cruz. Nas duas ruas principais há lojinhas de artesanato local, como bordados e trabalhos em bambu, além da tradicional feira na praça Amador Simões, no centro, onde artesãos e bordadeiras mostram seu trabalho todos os sábados, das 18h às 22h. Outras oferecem iguarias típicas da região, como doce de leite, queijos, licores e compotas.

Brotas ainda tem atrações educativo-culturais, entre elas o Museu do Calhambeque, com peças e ferramentas desse antigo automóvel, e o Centro de Estudos do Universo, fundação que abriga planetário, observatório astrônomico, caverna cenográfica e uma réplica do Sítio Arqueológico de Stonehenge, no sul da Inglaterra.

O Museu do Café propicia uma viagem no tempo pelos cômodos de um casarão do século XIX, testemunha do passado dessa cidadezinha centenária que floresceu no período de expansão do cultivo de café no Brasil, com marcante presença dos descendentes de imigrantes italianos – parte de sua gente receptiva e hospitaleira, que faz o visitante pensar em retornar antes mesmo de deixar a cidade.

Localização
Brotas está a 235 km da capital paulista, próxima a São Carlos, Piracicaba, Rio Claro e Jaú. Acessível pela Rodovia Washington Luís – na altura do km 206B (sentido São Carlos, São José do Rio Preto), fazer o retorno e entrar pela SP 225 ou Rodovia Paulo Nilo Romano. Seguir 40 km até a entrada de Brotas.

Principais distâncias
São Paulo – 235 km
Campinas – 140 km
Ribeirão Preto – 150 km
Jundiaí – 185 km
Piracicaba – 110 km
Bauru – 105 km
Rio Claro – 70 km
São Carlos – 65 km
Jaú – 54 km
São Pedro – 55 km

Hospedagem
O município dispõe de variadas opções de hospedagem, há campings, pousadas e hotéis nas áreas urbana e rural para todos os bolsos. Alguns hotéis e pousadas estão localizados em antigas fazendas ou sítios, às margens de rios ou ribeirões. Também é possível alugar casas ou sítios por temporada ou finais de semana. Para mais informações, acesse os sites:
http://www.brotas.com.br/hospedagem.asp e www.brotas.com.br/pousadastradicionais.asp

Gastronomia
 Além de restaurantes de culinária típica caipira, feita em fogão à lenha, e de influência dos imigrantes italianos, há muito mais em Brotas. O turista vai encontrar o que quiser, da pizza à esfiha até sofisticados pratos da cozinha oriental.

Mais informações
O Ponto de Informações Turísticas (PIT), mantido pela prefeitura, é um importante aliado para quem visita a cidade.
Endereço: rua Modesto Alfredo Surian, 5, fone (14) 3653-5282.
Funcionamento: sexta-feira, das 13h30 às 16h30. Sábados, domingos e feriados, das 8h às 13h e das 14h às 17h. 




Este conteúdo teve 177 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 306 usuários on-line - 177
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior